Saiba como curar o seu animal com problema ósseo

Eu tenho um Golden Retriever que é a coisa mais linda desse mundo. Nós adotamos ele quando ainda era filhotinho e logo de cara já nos apaixonamos por ele. Não tem jeito. Eles são encantadores. Todos os cachorros, não só os Golden.

Logo quando adotamos, descobrimos que ele tinha uma doença. Isso acabou com a gente, porque logo pensamos que não perderíamos nosso filhotinho que já tínhamos criado um amor incondicional. Descobrimos que ele tinha displasia coxofemoral.

Esse nome nos assustou demais, confesso. Mas conversando com o veterinário, ele explicou para mim e para meu marido que essa doença e é considerada uma doença comum, principalmente em cachorros de grande porte, como Retriever, Labrador, Golden, Rottweiler, Bernese, Pastor Alemão e todos esses cachorros grandes.

uma imagem sobre celulas tronco veterinarias

Para quem não conhece essa doença, a displasia coxofemoral é um desequilíbrio entre a evolução da massa muscular e o osso do quadril do cachorro. Sendo mais clara, isso causa uma instabilidade no quadril deles. Isso pode ter origem hereditária ou pode decorrer dos hábitos e qualidade de vida dos cães.

É claro que isso mexeu muito com a gente, pois tivemos que mudar a rotina do nosso cachorro, eles acabam tendo uma qualidade de vida limitada. Mas o lado bom é que eles podem fazer fisioterapia e hidroterapia e, se for de seu interesse, vale a pena procurar saber mais sobre os resultados das celulas tronco veterinarias para reduzir os sintomas da displasia coxofemoral.

Se você desconfia que seu cãozinho tenha essa doença e precisa de um veterinário, eu recomendo que você entre em contato com o Cura Animal para saber mais sobre essa doença. Em casos mais graves ou crônicos, o veterinário provavelmente pode utilizar procedimentos cirúrgicos que reduzem os efeitos da displasia coxofemoral. Vale a pena entrar em contato com o Cura Animal para saber mais.